1º Turismo Gastronômico – Locais e Sabores em Olinda

Fomos convidados pelo Antônio do Instagram @locaisesabores para participar do primeiro tour gastronômico em Olinda e claro que não perderíamos essa oportunidade, já que Olinda é um lugar cheio de atrações turísticas e nós conhecíamos pouco da gastronomia de lá.

Vou categorizar o post em passeios, gastronomia e hotel só para facilitar, ok? Bora lá! Nosso tour começou às 10h saindo da Praça do Carmo junto com o guia Luis.

  • Praça do Carmo e Igreja do Carmo
  • Primeira casa de Olinda: nosso guia contou que essa casa afundou a ponto de hoje as pessoas entrarem pelas janelas!!!

  • Zé Som: um grande artista que pinta usando os dedos!!
  • Pitombeira dos 4 cantos: A Troça Carnavalesca Mista Pitombeira dos Quatro Cantos é uma agremiação carnavalesca sediada na cidade de Olinda.
  • Mosteiro de São Bento
  • Praça Monsenhor Fabrício

  • Museu do Mamulengo 
  • Ladeira da Misericórdia (ir para Olinda e não subir a ladeira não existe! hahah)

  • Alto da Sé

Em Olinda eu só conhecia o Beijupirá e as famosas tapiocas do Alto da Sé. Dessa vez tivemos a oportunidade de conhecer um restaurante muito top chamado Tribuna Sabores Ibéricos, fazer degustação dos salgados da Dona Mada Salgados Gourmet na Pousada do Amparo e degustar cervejas (Everaldo, né? kkkk) da JJ Beer no Beijupirá!

  • Tribuna Sabores Ibéricos: nós adoramos esse restaurante. O lugar é legal, o antedimento foi impecável. Foram servidos dois pratos principais de bacalhau e camarão, que juro, fiquei com água na boca, mas lógico que não comi!!! Também fizeram um pão de grãos que estava muito gostoso!!!!!
  • Dona Mada Salgados Gourmet: na Pousada do Amparo teve a degustação dos salgados. O atendimento também excelente e o pastelzinho de queijo que comi era algo de outro mundo! Não experimentei os outros, mas pelo que vi devia estar uma delícia também, já que não sobrou nem uma migalhinha para contar a história! kkkkk
  • JJ Beer Cervejaria: para fechar com chave de ouro, teve degustação de cervejas artesanais da JJ Beer no Beijupirá. Também devia estar muito bom, porque era só o pessoal repetindo! hahaha Everaldo amou e acabou levando um kit para casa.

Hospedagem eu também não conhecia nenhuma em Olinda. Nós não ficamos hospedados lá (quem dera, né? kkkk), mas tivemos a oportunidade de ver e conhecer a Pousada do Amparo e eu pirei! Que lugar fofo, romântico, intimista. Fiquei encantada! Lugar perfeito para comemorar alguma boda.

Bom, galera, e para finalizar, Everaldo preparou um vídeo muito legal de como foi esse dia lá em Olinda!

Espero que vocês tenham gostado e participem das próximas edições! Tenho certeza que vão ser tão boas ou até melhores do que essa! E, aproveitando para agradecer ao Antônio pelo convite e aos novos amigos que fizemos lá também!

Beijos,

Gab

Canela – RS

Canela é tão perto, mas tão perto de Gramado que não dá nem para dizer que são duas cidades diferentes. Visitamos Canela no mesmo dia que fomos ao Snowland em Gramado.

A estrada é muito boa!

Tem muuuita opção de passeio em Canela! Nós fomos em algumas só, pois focamos mais em Gramado e em Bento Gonçalves. No site do Tripadvisor tem vários! Vou mostrar no que fomos:

  • Parque do Caracol: a vista do mirante já é linda, mas se você estiver com disposição, encare os 730 degraus da escadaria para ver a Cascata do Caracol lá debaixo! rs

  • Castelinho: “O Castelinho Caracol é uma das primeiras residências do município de Canela, foi construído no inicio do Séc.XX, entre 1913 e 1915, por Pedro Carlos Franzen casado com Luiza Sommer.”
  • Mundo à Vapor: lá você encontra “réplicas em pleno funcionamento, monitores didáticos, além de possibilidades como Photo Antiga, Passeio de Trem (cortesia!) e loja com o melhor dos produtos de Gramado e Canela.”
  • Catedral de Pedra: A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra, na verdade não é uma Catedral. A Igreja Nossa Senhora de Lourdes é uma paróquia que pertence à Área Serra da Diocese de Novo Hamburgo.

É o tipo de viagem perfeita para se fazer em família e com crianças.

Poderíamos ter feito outros passeios, mas eu acho que aproveitamos mesmo assim.

Beijos,

Gab

Pipa – Rio Grande do Norte

Mais um destino do meu amo Rio Grande do Norte, Pipa! Que saudades! 🙂 Bom, um dos destinos mais famosos de quem vai para o estado e não é à toa. Gente, é muito lindo! Quem não foi, tem que ir!

Pipa nem é tãoo longe assim de Natal, mas você pega um trecho chatinho de estrada de terra, o que acaba fazendo a viagem ficar mais demorada.

Se você for sair de Recife, são 250km, mais ou menos 3 horas e meia.

Dá para fazer bate e volta, mas eu recomendo muito ficar lá pelo menos uns dois dias. Nós já fomos para ficar em casa alugada e também já fui para ficar em hote. Em hotel eu já me hospedei no Sombra e Água Fresca, um super hotel que tem em Pipa, com uma vista maravilhosa e quartos incríveis. O quarto que ficamos (fui à trabalho com a minha chefe) era muito grande, tinha uma banheira e uma varada com aquela vista!

Juro como eu achava que a diária era muito mais cara, mas pelo que vi no site, média de R$700,00 (achei que fosse no mínimo uns mil!).

Em Pipa não falta o que fazer. Passeios de quadriciclo, trilhas, surfe, entre muitos outros. Todas as vezes que fomos, a gente só curtia as praias, Até tenho vontade de ir para fazer alguns passeios, mas, enquanto ainda não fomos, vou falar sobre as praias.

A nossa favorita é a Praia do Madeiro. Pensa em um lugar lindo, é lá! É bom para surfar, tem infraestrutura, tem golfinhos!!! Ou seja, um paraíso!

Também tem a Praia do Amor, Tibau do Sul, Chapadão.

Outro programa imperdível é assistir o sol de pôr. Nós fomos no Creperia Marina’s em Tibau do Sul e adoramos!

Olha, essa parte vou ficar devendo! Não tenho muitas dicas de onde comer lá, porque quando fui para me hospedar no Sombra e Água Fresca, a gente comia lá. Quando fomos para ficar em casa alugada, levamos comida! kkk Mas a dica que eu tenho é do Kabana’s na Praia do Madeiro.

O Kabana’s é legal porque tem infraestrutura, você não paga a barraca se consumir, tem chuveiro de água doce e a comida é bem gostosa. Eu amei!

Bom, galera, é isso! Já quero voltar lá e atualizar aqui o post! rs

Beijos,

Gab!

Natal – Rio Grande do Norte

Morei em Natal durante 12 anos e Everaldo é de lá, então esse post é especial! rs Bom, e dica de lá é o que não falta!

Já perdi as contas de quantas vezes peguei a estrada Recife – Natal. A viagem é muito tranquila e a maior parte duplicada. São 280 km mais ou menos e dá para fazer em 3h30, 4h, dependendo do trânsito.

Como nossa família mora em Natal, sempre que vamos pra lá, ficamos em casa e não em hotel, mas vou deixar algumas opções de hospedagens na cidade e em algumas praias que fomos e gostamos.

  • Manary em Ponta Negra: nos casamos nesse hotel e nossa lua de mel foi lá. Fica em Ponta Negra, beira mar e eu amo! O restaurante (que é aberto ao público) é muito maravilhoso também. A diária varia entre R$500,00 a R$800,00.

           http://www.manary.com.br/

  • Pousada Villa do Sol em Genipabu. No site o valor do quarto duplo varia entre R$180,00 e R$260,00 (muito bom o preço!). A pousada é incrível. Tem uma vista mara, tudo perfeito, quarto maravilhoso. Área de lazer muito boa, serviço excelente!!

    http://www.villadosol.com.br/

  • Sombra e Água Fresca em Pipa: pensa em um hotel TOP! Conheci o Sombra e Água Fresca graças à Flávia (minha chefe) que fez muitas parcerias com eles e nos levou para passar um final de semana lá em Pipa na época que estavam gravando a novela em Natal (Flor do Caribe). Inclusive tietei vários atores que estavam hospedados lá! kkkkk O hotel é incrível, o quarto gigantesco, a vista… enfim. Dispensa comentários. Diárias entre R$700,00 e R$1.200,00.

          http://www.sombraeaguafresca.com.br/

  • Pousada Chantilly em São Miguel do Gostoso: Nós fomos para São Miguel no começo do nosso namoro, então deve ter pelo menos mais de 10 anos que fomos pra lá! kkkk Hoje em dia deve ter muita opção legal de hospedagem por lá. Nós ficamos nessa pousada e eu gostei bastante. Diárias variam entre R$150,00 e R$200,00.

           http://www.pousadachantilly.com/index.htm

São tantos lugares maravilhosos para comer em Natal que se eu fosse colocar todos aqui, esse post não ia acabar! Então, vou postar os mais famosinhos e que você precisa conhecer!

  • Mangai: tanto o self service quanto o à la carte são incríveis. Para comer comida regional, lá é o lugar! Amo as tapiocas!
  • Camaraões: eu nem acredito que agora que virei vegetariana não vou mais comer os pratos deliciosos do Camarões! rs Pode pedir qualquer um dos pratos com camarões que você vai amar!
  • Lótus Japanese Fusion: a comida japonesa de lá é espetacular! Sem contar que o ambiente é bem intimista e romântico.
  • Pizzaria Cipó Brasil: no Cipó eu gosto tanto das pizzas (massa fininha) quanto dos crepes.
  • Padaria Mercatto: muita opção para tomar um bom café da manhã ou lanchar no fim da tarde.
  • Farofa D’água: nós íamos muito com a família do Everaldo almoçar lá. Peça o mistão que dá para uma família de 5 pessoas tranquilo!

A melhor época para ir a Natal é no verão, entre outubro e abril que é quando venta menos e tem bastante sol. Mesmo no inverno, entre maio e setembro, tem dias de bastante sol, mas, por exemplo, esse ano (2017) choveu muito e aí você não aproveita bem.

  • LITORAL NORTE

 

  • Genipabu: tanto para ir e ficar na praia é legal, quanto ir e fazer o passeio de buggy pelas dunas.
  • Ponte Newton Navarro e Forte dos Reis Magos: um dos cartões postais de Natal é a Ponte Newton Navarro. Não é para menos, né? Quando for visitar o Forte dos Reis Magos, já conhece a ponte também.
  • Passeio de buggy pelas dunas de Maracajaú: pegar um guia (o nosso foi o Carioca) e ele nos levou para os principais pontos turísticos. O guia nos indicou o buggueiro Rodrigo que nos levou para as dunas de Maracajaú. Eu nem sabia que tinha passeio por lá. O valor do passeio de buggy foi R$200,00 (para 4 pessoas). Fomos encontrar o buggueiro no restaurante Enseada do Mergulho, em Maracajaú. Fizemos o passeio pelas dunas e fomos até Punaú. Foi irado! Depois do passeio voltamos para encontrar o guia Carioca. Ele nos levou para almoçar na lagoa de Jacumã, depois na Árvore do Amor. Também visitamos o Pargos Club (lugar para passar o dia). E a última parada foi no Bar da Lagoa, na lagoa de Pitangui. Contato do buggueiro: Rodrigo (84) 99928-8105.
  • Mergulho em Maracajaú: recomendo mergulhas nas piscinas naturais de lá!. Tem pacote de passeio que o guia busca na casa (ou hotel) e depois deixa. Na primeira vez que fui, paguei R$100,00 (alta estação) para irem buscar em casa com o mergulho incluso, a lancha até a plataforma e depois um passeio por Punaú. Achei que super valeu a pena. Maracajaú Diver São 8km em alto mar até a plataforma. Lá você mergulha de snorkel, mas tem a opção de mergulhar de cilindro. Na época, uns 4 anos atrás, o mergulho de cilindro custava R$95,00 a mais.
  • São Miguel do Gostoso: nós fomos para São Miguel há tantos anos atrás que eu nem lembro direito, mas é um destino de praia e que vale a pena conhecer.
  • Galinhos: Para ir para Galinhos temos que pegar um barco, custou uns R$12,00. Lá combinamos um passeio de dia inteiro, de barco também e ficou por volta de R$40,00 por pessoa.No passeio de barco, o pessoal aproveitou para pescar. Até ostra fresquinha teve. Também pescaram uma moreia, que acabou fazendo parte do almoço, nesse dia eu estava encarando tudo e comi também! Ficamos na pousada da Dalva, e tinha algumas opções de lugares para comer, mas tudo bem simples. No sábado fizemos o passeio de barco, foi o dia inteiro, e no domingo fomos andar até o farol para tirar fotos. Eu fiquei super encantada, o lugar é muito lindo, não canso de elogiar porque realmente gostei muito e acho que vale a pena. 🙂
  • Ma-Noa Park: o Manoa fica pelas bandas de Maracajaú e é um parque aquático bem gostoso de ir para passar o dia, principalmente com crianças!
  • LITORAL SUL

 

  • Ponta Negra: Ponta Negra é a praia urbana de Natal e a mais conhecida. É lá que tem o Morro do Careca. Obs: foi a praia onde tiramos as fotos do meu casamento! <3 Bom, Ponta Negra é uma praia linda, tem bastante infraestrutura, mas é lotada.

  • Barreira do inferno
  • Maior cajueiro do mundo: Maior cajueiro do mundo: um dos pontos turísticos do sul. Eu gostava de ir lá, acho interessante, sem contar que dá para fazer fotos bem bonitas. Lá também tem várias lojinhas de artesanato por perto e fica no caminho para as praias.
  •  Camurupim
  •  Tabatinga
  • Búzios
  • Lagoa do Carcará: Também tem infraestrutura e dá para passar o dia tranquilamente. Na primeira vez que fomos pra essa, pagamos para um menino nos guiar até lá, mas dessa vez não vi ninguém se oferecendo para fazer esse serviço. Na do Carcará tem mais opção do que fazer (tem pedalinho, o restaurante é melhor, então vale a pena conhecer também; onde: em Nísia Floresta também, 40km de Natal.
  • Lagoa de Alcaçuz: Acho que o maior diferencial dela é o fato de ter aquelas redinhas na água. Onde: em Nísia Floresta, mais ou menos 35 km de Natal. Achei o lugar lindo, tem barraquinhas para quem quiser comer e beber alguma coisa. Nós ficamos em uma e pedimos batata frita, pastel, etc e o preço foi bom.
  • Pipa: tem que tirar um dia, se possível dois, para passear por Pipa. As praias são lindas e badaladas. Praia do Madeiro, pôr do sol na Creperia Marina’s, Tibau do Sul. Chapadão. Andar de stand up e ver golfinhos na praia do Madeiro

Bom, é isso, gente! Espero que gostem das dicas!

Beijos,

Gab

 

Jardim Botânico do Recife

Sabe aquele domingo quando você não tem nada para fazer, não quer ir à praia, não quer ficar em casa, mas quer sair e ter um pouco de contato com a natureza? Minha sugestão: Jardim Botânico do Recife. Confesso que fui sem grandes expectativas, mas me surpreendi. Claro, não vá esperando chegar lá e ser tipo o do Rio de Janeiro, tá bem longe disso, mas é um lugar gostoso para ir passear.

Endereço: BR ­232, km 7,5 – Curado – Recife ­ PE. CEP 50.791­-540

Lá tem trilha e eu não sabia, então não fui com uma roupa apropriada! hahaha Mas deu para fazer a trilha tranquilamente, mesmo assim.

Minha dica: vá com roupa de ginástica, tênis, shorts.

Achamos bem organizado, tem muita coisa para ver, bem cuidado. Não é à toa que foi considerado um dos 5 melhores do Brasil. Outra coisa que achamos bem legal é que a entrada é gratuita. É uma ótima opção de passeio para fazer com criança e até mesmo para quem ama o contato com a natureza. É aquele tipo de lugar que traz uma paz, sabe?

Gente, e na hora que estávamos indo embora ainda tivemos a oportunidade de ver um bicho preguiça! Coisa mais fofaaa!!!

O que achamos ruim: não tem uma lanchonete, nem nada do tipo. Então é bom levar água e alguma comidinha. Como não sabíamos, não levamos nada.

Onde fica: às margens da BR-232, no bairro do Curado, Zona Sul

Facebook: https://www.facebook.com/jardimbotanicodorecife/

Site: http://jardimbotanico.recife.pe.gov.br/pt-br

Instagram: @jardimbotanicorecife

Beijos,

Gab