Alugando casa anual em Porto

Bom, como contei nesse primeiro post, em outubro alugamos uma casa em Porto de Galinhas. Foi fácil? Nãooo, então vou contar nossa experiência.

Algumas observações importantes: é mais fácil achar casas legais para alugar por TEMPORADA, já para ANUAL achamos mais difícil. Outra coisa: o período que fomos procurar (pertinho do verão) também dificultou mais.

Bom, a primeira coisa que fizemos: olhamos em sites as opções. Depois pegamos o carro algumas vezes e fomos procurar placas de aluga-se nas regiões que nos interessavam. Mas, no final das contas, acabamos procurando um corretor de Porto para nos ajudar e nos mostrar algumas casas. IMPORTANTE: informem ao corretor se querem uma casa mobiliada ou não! No nosso caso, queríamos mobiliada, pois não queríamos levar nada do nosso apartamento além dos objetos pessoais.

Falamos mais ou menos o que queríamos e o valor que poderíamos pagar. Visitamos várias casas e aí vai outra dica importante: procure saber se a casa fica em uma região que alaga ou se é uma região mais esquisita. Nós vimos casas legais, mas que estavam em alguma das duas situações e aí não alugamos, claro. Tivemos sorte de ter um casal de amigos que moram lá nos orientando sobre as regiões.

Depois de visitar várias casas, achamos uma que apesar de detonada, era o que a gente estava buscando! O processo de aluguel foi relativamente rápido. Nossa mudança foi feita por nós mesmo, pois não trouxemos nada de mobília. Várias viagens, mas trouxemos tudo.

Com relação à aluguel: você encontra valores dos mais acessíveis até os mais absurdos (vai depender do lugar, do tamanho da casa, do que oferece, etc). Para vocês terem noção, nós alugamos por R$1.600,00 mobiliada com IPTU incluso. A casa é bem espaçosa, com 3 quartos e dois banheiros, garagem, MAS, estava beeem descuidada. Conseguimos fechar um acordo com a proprietária de que iríamos arrumando a casa aos poucos e abatendo do valor do aluguel (assim cuidamos do patrimônio dela e vamos deixando a casa mais bonitinha, né?).

Outra coisa que não posso deixar de contar: nosso problema com água! Antes de nos mudar a gente já sabia dessa questão da água, que é comum faltar e às vezes passam dias. Na nossa casa temos duas caixas de água e também um poço. A água do poço Everaldo usa para aguar o jardim e lavar o carro e, em situações de emergência, ele tira a água de lá, coloca na caixa de água e coloca cloro (aí vai das químicas do meu engenheiro! rs). Isso se estivermos sem água da Compesa.

Ahhh, não deixem cortar a sua água! Sério! Até a Compesa vir e religar, é um puta transtorno, então EVITEM! E tem que ficar muito no pé dessa galera.

E, ainda sobre o quesito casa, a internet. Contratamos a Acesso Telecom por indicação de amigos e super recomendo. O plano custa R$89,90 e a internet é boa e rápida e quase não temos problemas. Sem contar que o atendimento foi ótimo e a instalação também.

Galera, se ainda tiverem alguma dúvida sobre essa parte de casa em Porto de Galinhas, me avisem! No próximo capítulo vou contar como foram os 3 primeiros meses morando aqui… eita! hahaha Aguardem!!!

Beijos,

Gab

2 respostas
  1. Carmen Freire
    Carmen Freire says:

    Hummmm….legal!😊, está pertinho daqui. Apareça.
    Esta com uma barriguinha linda!
    Esse nenem vai amar o ar de Porto de Galinha. Boa escolha.
    Beijos.

    Responder
  2. Andreia
    Andreia says:

    Q legal !! tenho muita vontade de morar em vários lugares passando de 6 meses a 12 meses em cada lugar mas com crianças já não é tão facil …adorei seu post bem detalhado.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *