Posts

Oficina Brennand

Quando me pedem dicas de passeios culturais, eu indico logo a Oficina de Brennand. Eu amoooo aquele lugar! É lindo, cheeeeio de peças interessantes e que valem a pena a visita. É um pouco longe, mas pelo waze consegue chegar lá tranquilamente.

A Oficina:

“A Oficina Brennand surge em 1971 nas ruínas de uma olaria do início do século XX, como materialização de um projeto obstinado e sem trégua do artista Francisco Brennand.  Antiga fábrica de tijolos e telhas herdada de seu pai, instalada nas terras do Engenho Santos Cosme e Damião, no bairro histórico da Várzea, e cercada por remanescentes da Mata Atlântica e pelas águas do Rio Capibaribe, a Cerâmica São João tornou-se fonte inspiradora e depositária da história do artista pernambucano.

Lugar único no mundo, a Oficina Brennand constitui-se num conjunto arquitetônico monumental de grande originalidade, em constante processo de mutação, onde a obra se associa à arquitetura para dar forma a um universo abissal, dionisíaco, subterrâneo, obscuro, sexual e religioso.

A presença do artista num trabalho contínuo de criação confere à Oficina um caráter inusitado, identificando-a como uma instituição intrinsecamente viva e com uma dinâmica que torna imprevisíveis os rumos da arquitetura e da obra.”

A Oficina é rodeada por natureza e ir em um dia ensolarado rende fotos incríveis! Entre a Oficina e o Instituto eu prefiro a primeira.

O ideal é ir pelo waze e olhar bem a rota. Para chegar na oficina, você pega um caminho um pouco mais esquisito do que para ir ao Instituto, mas também não é nada de outro mundo.

Os horários de entrada, valores e endereço estão todos no site: http://www.brennand.com.br/horarios.php